O consultor Luiz Humberto de Castro fez a palestra sobre desenvolvimento do cooperativismo financeiro voltado aos pequenos negócios nas cooperativas de crédito filiadas ao Sicoob Central CECRESP. O “Workshop sobre Micro e Pequenas Empresas” segue o cronograma estabelecido no projeto que procura disseminar as boas práticas em cooperativismo financeiro no Brasil. O projeto conta com o apoio da Central das Cooperativas do Estado de São Paulo (CECRESP) e do SEBRAE nacional. Nesta etapa do projeto – que irá até junho de 2018 - se reuniu dirigentes, representante da CECRESP, gerentes e funcionários da Sicoob Crediacisc – Cooperativa de Crédito Mútuo de Micro e Pequenos Empresários e Microempreendedores de São Carlos. Luiz Castro apresentou estratégias para que as cooperativas intensifiquem sua atuação junto aos pequenos empreendimentos, com o objetivo de melhorar o entendimento das pequenas empresas, aumentar a base de cooperados, alavancar o volume de crédito para pessoas jurídicas e, assim, fortalecer os pequenos empreendimentos e economia local. A Sicoob Crediacisc faz parte de um grupo que reúne 18 cooperativas de crédito especializadas no atendimento de empresários com serviços financeiros de excelência e custos reduzidos. Além do mais, todo o superávit apurado no exercício é redistribuído para o conjunto dos seus cooperados, na proporção da sua movimentação com a Sicoob Crediacisc.

Grande potencial para o crescimento

A cidade de São Carlos (SP) concentra 11.826 empresas, das quais 11.366 são consideradas atuantes. A renda per capita do município e o IDH – Índice de Desenvolvimento Humano – são considerados elevados se comparada às demais cidades brasileiras, segundo dados apurados pela 3.Com Assessoria Empresarial (2016). A Sicoob Crediacisc vem ampliando suas operações com este público, superando a casa dos R$ 6 milhões em operações de crédito. Todo esse volume é destinado aos empreendedores e empresas locais, contribuindo para a expansão das atividades econômicas e a manutenção de empregos. A instituição financeira cooperativa também é procurada por investidores que buscam melhor remuneração pelo capital investido, com depósito que superam a casa dos R$ 10 milhões.

Legenda da foto: Consultor Luiz Castro comandou mais uma etapa do projeto de boas práticas em cooperativismo de crédito


Acompanhe também a Crediacisc: /crediacisc | @crediacisc